Tarsila,
patrona dos
artistas da
Associação STOP
e FATRI

100 anos Semana de Arte Moderna
30 anos STOP a Destruição do Mundo

As Faculdades Trilógicas e a Associação STOP A Destruição do Mundo homenageiam Tarsila de Aguiar do Amaral (Pintora, Desenhista e Tradutora brasileira - 1886-1973), por ocasião da celebração do Centenário da Semana de Arte Moderna de 1922 e dos 30 anos da STOP (fundada em Paris, em 1992, por Cláudia Bernhardt Pacheco).

Cláudia Bernhardt Pacheco
fala sobre obra e vida de Tarsila do Amaral


"As pinturas de Tarsila do Amaral tinham, na opinião dos críticos, o colorido de um mundo que estava por vir, trazendo à tona um sonho de um Brasil futuro. Tarsila é reconhecida internacionalmente como a maior expressão do campo das artes plásticas do Brasil, primando pela originalidade, criatividade e pela fidelidade ao povo brasileiro".


Cláudia Bernhardt Pacheco (p.297 do livro História Secreta do Brasil)

Baixe o E-book
Leia na íntegra o capítulo Os Modernistas Brasileiros do livro História Secreta do Brasil:


“Percebe-se no modernismo a mesma busca atávica e psicogenética de um sonho que poderia ser resumido num nome: Quinto Império, o qual, conscientemente ou não, também influenciou músicos e tantos outros que lutam por uma sociedade justa e afetiva, num novo mundo, que ainda não existiu.“
Cláudia Bernhardt Pacheco


HSB

Baixe o E-book

Leia na íntegra o capítulo
Os Modernistas Brasileiros, do livro História Secreta do Brasil